A Bíblia é o nosso manual

“Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça. (2 Timóteo 3:16)”

Deus sabia que nós precisaríamos de algo para que pudêssemos aprender mais sobre o Reino de Deus, assim Ele fez que grandes homens escrevessem essa Carta de Amor maravilhosa que é a Escrituras. Todos os autores foram inspirados através do Espírito Santo para deixar as mensagens do Senhor a nós.

Desde Gênesis até Apocalipse, versículo por versículo foi inspirado pelo Senhor. Não há nada que nós possamos duvidar. Talvez nossa mente se limita a acreditar que houve o Diluvio, a abertura do mar vermelho, a história sobre Jonas com o peixe grande, e tantas outros fatos que a Bíblia nos traz, mas temos que descansar, e confiar em Deus pois cada fato ocorrido, Ele fez questão que fosse registrado para nosso aprendizado.

A Palavra do Senhor tem sua finalidade que é nos ensinar sobre o Reino, conhecendo o cada vez mais, não só de ouvir falar mas lendo e entendendo com seu próprio entendimento.

Ela nos corrigi pois precisamos de mudança, nós achamos que somos perfeitos, mas quando nos deparamos com a Bíblia vemos como necessitados mais e mais de Deus e de sua misericórdia.

Ela serve para repreender, corrigir o que precisa ser corrigido, pois se teu vizinho (irmão,amigo) erra com a Bíblia você deve mostrar o erro e apontar a solução. Caluniar jamais, precisamos estender a mão amiga e a Bíblia tem todos os conselhos necessários.

Instruir em justiça é o caminho a qual todos devem andar, seguir a justiça do Senhor. Sim, Ele é amor, mas também é justiça, gosta de cada coisa no seu lugar. Ele jamais vai contra sua própria Palavra. Se quer saber o que fazer é só seguir sua Palavra. Deus não quebra princípios. O que sempre deve prevalecer é a vontade do Senhor e não a nossa, pois Ele sempre tem o domínio de tudo.

A Bíblia é nosso manual, ela é nossa bússola nesse mundo, pois nos guia e ilumina nossos passos. Recorra a ela todos os dias pois assim ninguém vai te enganar. A verdade é só ela. Vamos obter o conhecimento do Senhor, peça a Ele sabedoria e Ele irá te conceder. Através dela poderemos ter nossas vidas transformadas, pois seremos bons filhos, bons pais, bons funcionários, bons patrões, bons alunos  e etc. A sabedoria que ela nos oferece é totalmente diferente do que qualquer outro livro pode nos ensinar, pois com a Palavra iremos reagir e agir conforme a vontade de Deus, e isso em qualquer área de nossa vida faz toda diferença. Não duvide, creia a Bíblia tem poder mais do que você possa imaginar. Além disso, guarde no seu coração e coloque em prática os ensinamentos do Pai.

Não recorra a esse manual somente em dias de angustia, busque a Palavra do Senhor todos os dias. Medite nela, reserve um tempo para poder ter intimidade com Deus e através da leitura bíblica é uma ótima ferramenta para estarmos ligados no trono da graça.

A Bíblia é fenomenal! Examine sempre! Conheça mais a Jesus através da Bíblia!

Shalom Adonai 🙂

Deus te abençoe !

Por: Daniela Rezende

Nossas aflições

“Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós cada vez mais abundantemente um eterno peso de glória; (2 Coríntios 4:17)”

Talvez no seu caminhar você deve ter sofrido muito ou nesse exato momento você está sofrendo. Mas o Senhor trás a nós uma palavra de ânimo, de coragem. Que todos nós não venhamos a confiar em nossos braços (nossa força) e sim em Deus.

Jesus nos ensina que nesse mundo iriamos passar por fases difíceis, mas não era para nós desistir, pois assim como Ele venceu, conseguiríamos também finalizar o jogo e ganhar.

“Tenho-vos dito estas coisas, para que em mim tenhais paz. No mundo tereis tribulações; mas tende bom ânimo, eu venci o mundo. (João 16:33)”

A situação que você esteja vivendo hoje talvez para você possa ser um fardo pesado, mas saiba que em Jesus você pode encontrar paz e descanso.  Não há nada impossível, em Deus, que nós não podemos vencer. Cada um possui um fardo conforme pode carregar, nem mais e nem menos. Não se esqueça que esse momento difícil que você vive, você é capaz de vencer sim! Não coloque os pés pelas mãos, não passe o carro na frente dos bois. Clame a Jesus, peça ao Senhor que lhe dê discernimento para agir e reagir na hora certa.

Temos dificuldades na nossa vida, seja na escola, no trabalho, no relacionamento com o (a) companheiro (a) ou na família, mas isso tudo passa. As aflições sempre servem para nos deixar cada vez mais fortes, tudo é aprendizado.  Amém ? Não olhe a dificuldade do vizinho sendo menor que a sua pois cada um carrega o que pode aguentar, então você é capaz. Não chore, não se lamente, não reclame.

Não se esqueça que isso tudo que você passa é leve e momentâneo, algo melhor está reservado para aqueles que optarem servir ao Senhor. Decida deixar Ele ser seu Senhor e Salvador. É só Jesus, somente Ele que está conosco 24 horas de nosso tempo. Não desanime, tenha fé.

“Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele tudo fará. (Salmos 37:5)”

Descanse seu coração! Confie! Tudo vai passar! E se não passar você tem forças o suficiente para aguentar. Beleza?

Shalom Adonai 🙂

Deus te abençoe!

Por: Daniela Rezende

Jesus é a porta

“Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á, e entrará, e sairá, e achará pastagens. (João 10:9)”

Na parábola que o Senhor relata no Evangelho de João, Ele se compara a “Porta”. Porta é passagem, acesso de um lugar para o outro.  Além disso, Jesus nos chama de ovelha o qual Ele é nosso Pastor, Ele é nosso guia.

Através de Jesus podemos viver o sobrenatural, pisar no chão sem temer, caminhar sem saber como será a caminhada, mas que no final, tudo dará certo. Com Jesus a história é outra, não há o que temer.

Na reflexão de hoje, o Senhor nos ensina que através d’Ele, somente d’Ele há refrigério para nossa alma, há descanso para nossos corações inquietos. Ele nos oferece a verdadeira paz, a verdadeira alegria. Se você acha que és feliz, ainda não viu nada. A “pastagem” que podemos encontrar através de Jesus, nossos olhos e nossos corações jamais conheceu e vai conhecer, a não ser naquele grande dia, no dia da nossa Salvação.

Nessa vida ainda podemos desfrutar de um pouco dessa pastagem, o convite que Jesus nos faz é entrar por essa passagem. Então decida se torna uma ovelha, decida ouvir a voz do Pastor que é Jesus. Muitos dizem vir no nome d’Ele, mas são mercenários, são assaltantes, são lobos e só querem nossa lã. Vá para Jesus, busque sua Palavra para que você possa ter discernimento do certo e do errado.

Conheça a Jesus, conheça Sua voz, e essa voz só poderemos ouvir através da intimidade com a Palavra e com a oração, não há outro meio a não ser pela busca. Jesus deu a vida por nós pelo fato que Ele sim verdadeiramente nos ama. Não perca tempo, desfrute do sobrenatural de Deus.

Ovelha precisa de aprisco (morada), de comida (pastagem) e de proteção. Não se esqueça, Jesus é tudo isso! Ele é nossa morada, n’Ele podemos habitar. O alimento que Jesus oferece não é como esse físico o qual nosso corpo precisa, mas sim do qual nossa alma necessita, o qual nada pode realmente saciar. Ele é nosso escudo, Ele é quem nos protege no mal.

Vá ao encontro de Jesus! Jesus é o ÚNICO caminho!  Ele é a única porta que nos conduz para Deus! É somente por Ele! Não perca tempo!

 

Shalom Adonai 🙂

Deus te abençoe !

Por: Daniela Rezende

 

 

 

Ele vem

“Venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa (Apocalipse 3:11)”

Aproximamos em mais um dia que será um marco na história brasileira. Dia 07 de Outubro, nós brasileiros vamos as urnas realizar nossa votação e escolher aqueles que irão nos governar. Nas redes sociais vemos muitas postagens referente aos novos candidatos a presidência, os brasileiros cansados e querendo mudança, alguns fazendo chacota com os candidatos, outros expondo mentiras sem ao menos saber se aquilo é certo, e muitas das quais se quer devemos citar. Mas quero aqui ressaltar algo. Vemos também as postagens com os dizeres:  #elesim ou #elenão.

Mas por que não postamos algo e escrevemos ” #elevem” ? Caro leitor (a), se você não sabe o que isso significa vou lhe explicar. Como citado acima no versículo diz que: “Venho sem demora”. A seguinte passagem é onde o apóstolo João escreve que Jesus vem. Você deve se perguntar “Mas vem de onde?” Ele virá do céu. Após sua morte e ressurreição, Ele foi voltar de onde Ele veio, do céu. Lá Ele está.

A Bíblia nos relata que a Igreja (aqueles que forem fiéis a Palavra, não da boca para fora, mas de coração) irá ser arrebatada e nos ares irá encontrar com Ele e depois morar eternamente na nova Jerusalém.

“Depois nós, os que ficarmos vivos seremos arrebatados juntamente com eles, nas nuvens, ao encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor” (1 Tessalonicenses 4:17)”

O mundo está sofrendo, as pessoas estão padecendo. Dia após dia, o homem e a mulher estão vivendo cada vez mais longe das coisas celestiais, ou seja, da Palavra de Deus. As pessoas só se preocupam com a vida aqui e esquecem que há uma eternidade nos esperando. Que em nome de Jesus você possa viver uma vida pautada na Palavra de Deus e subir para o céu, encontrar com Jesus e morar com Ele eternamente. Para isso você deve saber como seguir os passos de Jesus e a resposta está na Bíblia.

Este mundo vai acabar. Está próximo pois as profecias estão se cumprindo dia após dia. Relatos bíblicos estão sendo realizados. O próprio planeta já demostra. Se duvida é só pesquisar. Há apenas dois caminho (céu ou inferno) e é agora em vida que você decide seguir ou não os passos de Jesus. A recompensa para aqueles que forem fiéis é viver com o Senhor eternamente eternamente. Deus é justo e vai julgar conforme sua Palavra.  Ele é amor e misericordioso sim, mas também é justiça.

É uma promessa! Jesus virá! Esteja pronto!

Shalom Adonai 🙂

Deus te abençoe!

Por: Daniela Rezende

Quem perdoa nossos erros?

 

“Por que fala assim este homem? Ele blasfema. Quem pode perdoar pecados senão um só, que é Deus? (Marcos 2:7)”.

 

Esse versículo acima é  de uma breve história que acontece em Carfanaum. O Senhor Jesus estava ensinando  a palavra, e muitas pessoas ali estavam numa casa, no entanto que havia muitas pessoas, onde se quer havia espaço para que mais pessoas pudessem ouvir os ensinamentos  d’Ele. É incrível que havia um homem que era paralítico e o mesmo era carregado por quatro homens. Imagino que este homem acometido com essa doença queria muito ouvir e ver Jesus ensinando os ensinamentos de pertinho, e nisso ele deve ter solicitado que esses amigos o levasse lá no teto para ele poder estar próximo ao Filho de Deus. Esses amigos o ajudava, e descobrem o teto e desce esse homem até o chão e o coloca frente a Jesus.

A Bíblia assim nos ensina e também Jesus admira essa ousadia desse homem. Jesus vê a fé dele. Jesus perdoa os erros, as transgressões, os pecados desse homem. Assim como Jesus sabia, ele também sabia que ele com certeza, no passado cometeu erros. Por isso Jesus imediatamente lhe disse que seus pecados estavam perdoados. Depois vemos que os fariseus ficam furiosos por ouvir Jesus dizer sobre o perdão dos pecados, e logo por fim esse homem é curado, ou seja, ele volta a se locomover sozinho e vai embora com sua maca, carregando a, ao invés dele ser carregado por ela.

Mas o que quero frisar aqui para nós é que estes fariseus disseram “Quem pode perdoar pecados senão um só, que é Deus?” Infelizmente vemos nos Evangelhos que esses tais religiosos é os que mais atrapalhava a Jesus em seu mistério. Esses homens viam os pecados das pessoas, os erros dos apóstolos, mas se quer via seus próprios erros. Nessa história do homem paralítico em Cafarnaum, eles falaram que somente Deus era o capaz de perdoar erros. Agora vamos analisar, se Jesus é o próprio Deus em pessoa, logo, Jesus tem poder para perdoar, Jesus tem autoridade para tal pois Ele é Deus. A incredulidade desses homens fazia com que eles não visse que diante deles estava o próprio criador do céu e da terra, o criador da Lei, a qual eles mesmo alegava que seguia.

Que em nome de Jesus você possa entender em seu coração e orar, clamar a Jesus, pois Ele é o nosso único mediador ao Pai. Ele é o único capaz de perdoar nossos erros.

“Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem. (1 Timóteo 2:5)”

Todos nós pecamos, todos nós erramos, mas a diferença está no hábito de cometer erros. O pecado é uma separação que faz entre nós e nosso Deus. ´Quanto mais erro, mais grande será esse abismo. Talvez pareça loucura, mas é assim que a Bíblia nos ensina.

“Mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus;e os vossos pecados esconderam o seu rosto de vós, de modo que não vos ouça. (Isaías 59:2)”

Para que não aconteça essa barreira, o pecado tem que ser um acidente. Não pode acontecer, temos que evita-lo, temos que vigiar. Por isso temos que estar em alerta, orar sempre, meditar sempre na Palavra. Se nós estivermos em uma vida de pecado, precisamos de perdão, pois sem ele, não veremos a Deus. Ou seja, não é para o céu que vamos. Vale lembrar que, se mentirmos, se roubarmos uma laranja do vizinho, se matarmos, se fizermos qualquer outra coisa que seja errado, é tudo pecado. Não existe pecadinho, pecado ou pecadão. Para Deus, tudo é pecado. Não existe na Bíblia uma tabela onde há grau de maior ou menor sobre o pecado.

Se você já cometeu qualquer erro, e não se arrependeu, peça perdão a Jesus agora! Esse é o tempo oportuno, talvez depois seja tarde. Se arrependa de coração, mas não volte a cometer esse erro. Só seremos de fato perdoados quando abandonamos o hábito daquele erro. Não podemos após pedir perdão  Deus, e logo em seguida cometer esse erro novamente.

“O que encobre as suas transgressões nunca prosperará; mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia. (Provérbios 28:13)”

Jesus está contigo. Ele te perdoará, somente Ele!

Agora a decisão é sua. Peça perdão! Não cometa o mesmo erro! Tire esse fardo de você!

O perdão nos conecta com Deus.

 

Deus te abençoe!

Shalom Adonai 🙂

Por: Daniela Rezende

 

 

O Senhor te ouve

Palavra do dia –  O Senhor te ouve

“Amo ao Senhor, porque ele ouve a minha voz e a minha súplica.  Porque inclina para mim o seu ouvido, invocá-lo-ei enquanto viver. (Salmo 116: 1-2)”.

 

Muita das vezes na correria do dia a dia, seja ao cuidar do lar e dos filhos, seja com os estudos, com o trabalho ou até com as coisas pessoais, esquecemos de ter intimidade com o Senhor.  Se não esquecemos vamos protelando, deixando sempre para depois. Pensamos conosco “Ah, mais tarde eu leio a Palavra”, “Se sobrar um tempinho a noite eu oro ao Senhor”. Quem já não fez isso? Pois é, a grande maioria das pessoas fazem dessa maneira. Que em nome de Jesus não possamos fazer assim com nossa vida. Sim é bênção cuidar de casa e dos filhos (esse é o dever da mulher), estudar e trabalhar, mas além disso, temos que ter intimidade com o Pai. Ele procura verdadeiros adoradores, que O adorem em espírito e em verdade.

Não deixe o dia da angústia chegar, não espere o dia da dor vim para que possa levar suas preces ao Senhor. Tenha intimidade com Ele através da oração e da leitura da Palavra. Falar com Deus, você não precisa estar num templo ou só no seu quarto. Agora, nesse momento, não importa o lugar, fale com Deus. Seja em palavras ou em pensamento. Você não precisa de um ritual, é simples, é fácil! Que em nome de Jesus, possamos ter o hábito de orar sempre, sem cessar. Ao acordar, ao comer, ao sair de casa, ao realizar qualquer coisa, ao dirigir, ao dormir, sempre, toda hora. Não se esqueça, Ele te ouve.

Aprendemos que devemos orar sem cessar, sempre.  Agora o Senhor nos ensina que não importa a situação a qual estamos vivendo, seja um momento de dor, de tribulação, perca de um familiar, busca de um emprego, não se esqueça da ORAÇÃO. Existe um Deus, o criador do céu e da terra, Ele sim tudo pode fazer. Ore a Ele, Ele é o Deus do impossível (Lucas 1:37).

Ame o Senhor, Ele vai lhe conceder, mas será no tempo e da maneira d’Ele. A Bíblia nos ensina que há tempo para tudo, para se alegrar e para chorar, para plantar e para colher, para nascer e morrer, para ajudar e para ser ajudado  (Eclesiastes 3). Então descanse! Os ouvidos do Senhor estão voltados para nós. Se seu pedido ainda não foi realizado, espere. Mas continue em oração, continue na intimidade através da Palavra. Não importe se você é jovem ou de mais idade, invoque o Senhor enquanto você viver pois será a melhor decisão para sua vida.

Deus te abençoe!

Shalom Adonai 🙂

 

Por: Daniela Rezende

Deus é amor

 

1 João 4:7-8
Amados, amemos uns aos outros, pois o amor procede de Deus. Aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. Quem não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor. 

Quando dizemos que Deus é amor, para entendermos o significado desta frase, necessitamos de entender este amor, cuja denominação é AGAPE.

O amor ágape é o amor que vem de Deus, pois não é um amor que existe devido a afinidade ou amizade, este amor independe do que a pessoa fez, certo ou errado, bom ou ruim, este amor é atitude, sim, podemos definir este amor como atitude, ou seja, independente de seu merecimento ao não, Deus te ama e para provar isto, enviou o Seu Único Filho para, em amor, em atitude, morrer por todos pecadores.

Logo é este o amor que temos de aprender a ter em relação ao nosso próximo.

Mateus 5
46 Porque se amardes os que vos amam, que recompensa tendes? Não fazem os publicanos igualmente assim? 47 E, se saudardes somente os vossos irmãos, que fazeis de notável? Não agem os gentios também dessa maneira? 48 Assim sendo, sede vós perfeitos como perfeito é o vosso Pai que está nos céus.

Não há mérito algum diante de Deus, quando amamos aquele que nos amam, quando fazer o bem a quem já nos fez o bem, ou ainda, quando convidamos pessoas para banquetear conosco, sendo que são pessoas que podem retribuir o convite, mas o crédito diante de Deus está em fazermos estas coisas, principalmente para quem não poderá nos retribuir ou ainda, que causou algum mau para nós.

Que o Senhor nos ensine a ter o amor ágape, amor este que vem de Deus para o nosso interior, amor este que é fruto do Espírito Santo de Deus.

Gálatas 5
22 Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança.

Shalom

por Serva Rosemary Gomes

Jesus ensinou como orar

Mateus 6

9 Portanto, orai vós deste modo: Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome;

10 venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu;

11 o pão nosso de cada dia nos dá hoje;

12 e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós também temos perdoado aos nossos devedores;

13 e não nos deixes entrar em tentação; mas livra-nos do mal. [Porque teu é o reino e o poder, e a glória, para sempre, Amém.]

Jesus deixa claro que as orações não podem vir de vãs repetições, mas sim de uma conscientização sobre o que está se falando com Deus.

Mateus 6

7 E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios; porque pensam que pelo seu muito falar serão ouvidos.

Logo a oração do Pai Nosso não é para ser decorada e orada, mas sim ela é um modelo para seguirmos, ou seja, o que deve conter em nossas orações. A oração não pode ser mecânica, mas sim ter uma profunda interação de nossas emoções.

A oração também é algo íntimo entre o orador e o seu Criador, não necessitando se preocupar com falas elaboradas, devemos ter intimidade com Deus, Ele deve ser o nosso amigo, logo, não se fala com pompa e cordialidade com um amigo, porém, sempre devemos ser respeitosos.

Mateus 6

6 Mas tu, quando orares, entra no teu quarto e, fechando a porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará.

Quando Jesus ensinou o modelo de oração Ele ainda se encontrava na terra, porém Ele nos afirmou que todas as nossas petições devem vir acompanhadas em seu nome.

João 16

24 Até agora nada pedistes em meu nome; pedi, e recebereis, para que o vosso gozo seja completo.24 Até agora nada pedistes em meu nome; pedi, e recebereis, para que o vosso gozo seja completo.

Vamos ao modelo para vermos o que deve conter em nossas orações? Além de obviamente, os nossos pedidos particulares.

Mateus 6

9 Portanto, orai vós deste modo: Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome;

(Devemos sempre reconhecer que o Senhor é Santo, que Ele está nos céus, portanto, mais elevado que nós e que o seu nome tem de ser santificado por nós. Será que temos santificado ao nosso Criador? Ou temos o desonrado com nossas atitudes?)

10 venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu;

(Pedir que venha o reino de Deus é aceitar as suas regras de conduta, disciplina que se encontram na Bíblia, ou seja, aceitar as suas Leis, todo governo ou reino tem Leis estabelecidas, onde os seus súditos tem de seguir; e ainda completa dizendo que a vontade do Criador tem de ser estabelecida na terra e no céu, ou seja, toda a criação tem de fazer a vontade do Criador, não a sua própria. Será que temos feito isto? Ou temos seguido nossas próprias regras de conduta de vida?)

11 o pão nosso de cada dia nos dá hoje;

(Aqui é uma forma de reconhecimento de que Deus supre as nossas necessidades, isto é, a certeza de que Ele fornecerá o sustento de hoje, vejamos que não está dizendo da semana e nem do mês, pois as Escrituras nos ensinam a não nos preocuparmos com o dia de amanhã, basta viver cada dia e agradecermos pelo dia presente)

12 e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós também temos perdoado aos nossos devedores;

(Isto é padrão, pedimos para sermos perdoados em nossas falhas, pecados, mas devemos ter em mente que somente seremos perdoados se perdoarmos, se retivermos o perdão, nosso Criador também reterá o perdão para conosco; pois todos (juntamente) pecaram e destituídos estão da glória de Deus, logo, ninguém está acima de ninguém, todos somos criação de um mesmo Criador)

13 e não nos deixes entrar em tentação; mas livra-nos do mal. [Porque teu é o reino e o poder, e a glória, para sempre, Amém.]

(Não nos deixar cair em tentação, a tentação vem de nossos próprios desejos egoístas, a tentação é humana, pedir para não nos deixar cair em tentação é, basicamente, pedir que o Espírito Santo vença a nossa carne para que não venhamos a pecar – e completa o modelo com o reconhecimento de quem é o Dono de tudo, de quem é a glória, o domínio e o poder – e termina com o “Amém”, quer dizer uma concordância ao que foi exposto, “assim seja”)

Nossas orações tem de conter estas requisitos básicos, além de nossas próprias petições, bem como petições em favor de outros e nossos agradecimentos, e tudo realizado no nome daquele que veio e venceu, Jesus Cristo.

Mas, mesmo sabendo o modelo devemos ter a consciência de que o homem não sabe como orar, como se dirigir ao Pai, isto é obra do Espírito Santo que, habitando em nós e nos conhecendo, ora por nós, colocando em nossas bocas o que deve ser falado.

Romanos 8

26 Do mesmo modo também o Espírito nos ajuda na fraqueza; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o Espírito mesmo intercede por nós com gemidos inexprimíveis.

27 E aquele que esquadrinha os corações sabe qual é a intenção do Espírito: que ele, segundo a vontade de Deus, intercede pelos santos.

O Espírito pede o que necessitamos e não ultrapassa a vontade de Deus, é Ele que governa a nossa mente, coração e boca nos momentos de orações.

Shalom

Nos tornando filhos.

Gálatas 4: 6. E, porque sois filhos, Deus enviou aos nossos corações o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai. – Bíblia JFA Offline

Filho de Deus recebe em si o Espírito de Deus e é Ele que nos dá toda a garantia de que somos filhos e como filhos, podemos ter a certeza da herança, a vida eterna.

Gálatas 4: 7. Portanto já não és mais servo, mas filho; e se és filho, és também herdeiro por Deus. – Bíblia JFA Offline

Sem o Espírito Santo não há como se tornar filho de Deus, pois por nascimento apenas Jesus é Filho legítimo, nós nos tornamos mediante o poder do Espírito Santo.

João 1: 12. Mas, a todos quantos o receberam, aos que crêem no seu nome, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus; – Bíblia JFA Offline

Este é o processo de santificação, onde somos moldados, transformados em conformidade ao Pai, filho tem de parecer com o Pai e temos de parecer com Cristo que é a primicia de muitos filhos.

Efésios 4: 13. até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, ao estado de homem feito, à medida da estatura da plenitude de Cristo; – Bíblia JFA Offline

Então que deixemos o Espírito nos transformar, nos tornando filhos em semelhança ao Pai, semelhança que foi perdida devido ao pecado, sejamos restaurados.

Shalom

Ser bom não levará ninguém ao céu

Eclesiastes 8

14 Ainda há outra vaidade que se faz sobre a terra: há justos a quem sucede segundo as obras dos ímpios, e há ímpios a quem sucede segundo as obras dos justos. Eu disse que também isso é vaidade.

Se boas obras garantissem o céu, teria sido desnecessário o sacrifício de Jesus. Praticar a bondade não levará ninguém para junto de Deus e ser bom, bem, aí já é prepotência do homem achar que alguém é bom, se o próprio Deus diz que ninguém é.

Romanos 3

10 como está escrito: Não há justo, nem sequer um.

11 Não há quem entenda; não há quem busque a Deus.

12 Todos se extraviaram; juntamente se fizeram inúteis. Não há quem faça o bem, não há nem um só.

No verso base vemos que até mesmo aquele que não conhece as Escrituras é capaz de fazer o que é bom, de praticar o bem.

Em contra partida, no mesmo verso diz que pessoas que conhecem as Escrituras, são capazes de fazer o que não é bom.

Porque isto acontece? Vamos analisar os que se encontram “justificados” em Cristo.

Justos que sucede segundo as obras dos ímpios

Nós somos egoístas e como tais, precisamos nos desprender deste sentimento substituindo pelo que agrada a Deus, o altruísmo. Mas para o homem isto é impossível. Necessitamos do agir do Espírito Santo e devido a isto a morte de Jesus é tão importante, sem este sacrifício não seria enviado o Espírito Santo para nos moldar conforme os padrões altruístas de Deus.

Para ser altruísta tem de amar sem ver a quem está se amando, ou seja, fazer o que é bom para com o próximo, independente de quem é este próximo. Isto é obra de Deus e não de homens.

Marcos 10

18 Respondeu-lhe Jesus: Por que me chamas bom? ninguém é bom, senão um que é Deus.

O próprio Jesus, enquanto em forma de homem, deixou claro que somente Deus é bom, isto se deu para ensinar que nenhum homem nesta terra é bom, ou seja, nenhum homem fará o bem independente de qualquer coisa ou de interesses.

O próprio amor é fruto do Espírito Santo, assim domo a benignidade, a bondade, o ato de ser fiel também são frutos do Espírito, não são frutos de homens, mas de Deus. O homem sem o Espírito Santo é incapaz destes atributos.

Gálatas 5

22 Mas o fruto do Espírito é: o amor, o gozo, a paz, a longanimidade, a benignidade, a bondade, a fidelidade.

23 a mansidão, o domínio próprio; contra estas coisas não há lei.

Aí nesta altura você deve estar se perguntando. Mas no verso diz que os ímpios fazem o que é bom. Vamos entender o porque realizam esta façanha?

Ímpios a quem sucede segundo as obras dos justos

Realmente vemos e muito isto, ímpios praticando a bondade, a caridade, será então que o ímpio é bom?

Não, ainda fico com as afirmações de Deus, pois a Palavra diz.

Romanos 3

4 De modo nenhum; antes seja Deus verdadeiro, e todo homem mentiroso; como está escrito: Para que sejas justificado em tuas palavras, e venças quando fores julgado.

Então como entender o fato de ímpios fazerem obras justas?

Fazem por egoísmo.

Exato, fazem por egoísmo. Por isto no verso base diz que isto também é vaidade. Vamos entender.

O homem gosta e busca ser reconhecido, elogiado pelos homens. Qual homem gosta de ouvir alguém falando mal dele? Ou ainda, qual homem gosta de ouvir que outros o consideram maus? Nenhum.

Então, infelizmente, as boas ações, as caridades são realizadas para benefício próprio, auto-promoção.

João 12

43 porque amaram mais a glória dos homens do que a glória de Deus.

As pessoas buscam agradar as pessoas de sua sociedade e buscam ser “bem” reconhecidas. Quem não gosta de ser elogiado por homens? Ser considerado de boa reputação? Ser chamado de “bom homem” e “boa mulher”? Ou mais, de uma pessoa que opera “caridades”? Mas estas coisas não levarão ninguém para o céu.

Primeiramente o que levará a pessoa para o céu é o fato de se tornar justo, isto é, justificado por Jesus.

A caridade, a bondade, os atos de justiças serão consequências da operação do Espírito Santo na vida daquele que é justificado por Deus.

Agora, uma coisa temos de entender, aquele que se acha justificado em Cristo e não realiza as obras de bondade tem de verificar e examinar a si mesmo, pois, como pode ser justo e não realizar as obras de justiça?

Tiago 4

17 Aquele, pois, que sabe fazer o bem e não o faz, comete pecado.

Como vemos, se é um justo e não pratica as ações de justiça, comete pecado e aquele que é nascido de Deus não pode pecar habitualmente.

1 João 3

9 Aquele que é nascido de Deus não peca habitualmente; porque a semente de Deus permanece nele, e não pode continuar no pecado, porque é nascido de Deus.

Por isto que obras de caridade não levarão ninguém para o céu. O  justo praticar estas obras, é uma consequência inevitável da operação de Deus em seu interior.

Shalom