Alcançando a felicidade

Salmos 34: 8. Provem, e vejam como o Senhor é bom. Como é feliz o homem que nele se refugia!

É interessante vermos na Palavra, que Deus nos desafia a provar de sua benignidade “Provem, e vejam como o Senhor é bom….”

Ele garante que aquele que se “refugia” nEle, isto é, em seus ensinamentos e conselhos, é feliz.

Quem de nós não desejamos a felicidade? Mas desejamos e não conseguimos porque não a buscamos nos lugares certos.

Provérbios 14: 12. Há caminho que parece certo ao homem, mas no final conduz à morte.

Desde o início o homem quis fugir dos princípios, consceitos e padrões de Deus, querendo seguir suas próprias regras e regras humanas, rejeitando as divinas.

1 Samuel 8: 6. Quando, porém, disseram: “Dá-nos um rei para que nos lidere”, isto desagradou a Samuel; então ele orou ao Senhor. 7. E o Senhor lhe respondeu: “Atenda a tudo o que o povo está lhe pedindo; não foi a você que rejeitaram; foi a mim que rejeitaram como rei.

E continua assim até os dias de hoje, o homem sempre busca fugir das regras santas de Deus e cada geração se encontra cada vez mais afastada dos caminhos do Senhor, geração que caminha para a própria destruição.

O reflexo deste afastamento em buscar aprender os conceitos de Deus, vemos relatados a seguir:

2 Timóteo 3: 1. Saiba disto: nos últimos dias sobrevirão tempos terríveis. 2. Os homens serão egoístas, avarentos, presunçosos, arrogantes, blasfemos, desobedientes aos pais, ingratos, ímpios, 3. sem amor pela família, irreconciliáveis, caluniadores, sem domínio próprio, cruéis, inimigos do bem, 4. traidores, precipitados, soberbos, mais amantes dos prazeres do que amigos de Deus, 5. tendo aparência de piedade, mas negando o seu poder. Afaste-se também destes.

Devido a tudo isto haverá uma grande rivalidade contra os que seguirem as Palavras de Deus, serão perseguidos e ridicularizados, pois obviamente serão um contraste para uma grande maioria ímpia.

O homem feliz não busca fazer o mau a ninguém, mas a frustração, a infelicidade, a falta de satisfação, levam o homem à realizar atrocidades com o próximo e consigo mesmo, cauterizando suas mentes, pois, embora saibam que suas atitudes estão erradas, continuam realizando não dando nem ouvidos à razão de sua consciência, nem sequer se preocupando se haverá um julgamento em conformidade com suas atitudes.

1 Coríntios 3: 12. Se alguém constrói sobre esse alicerce, usando ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno ou palha, 13. sua obra será mostrada, porque o Dia a trará à luz; pois será revelada pelo fogo, que provará a qualidade da obra de cada um.

Por:

Serva Rosemary Gomes

Eleitos para fazermos a diferença

1 Pedro 2

9 Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as grandezas daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz;

10 vós que outrora nem éreis povo, e agora sois de Deus; vós que não tínheis alcançado misericórdia, e agora a tendes alcançado.

Fomos tirados do mundo para fazer a diferença. Chamados para nos santificarmos em nossa caminhada. Somos eleitos para sermos amigos de Deus e deixarmos de nos agradar com as coisas do mundo.

Tiago 4

4 Infiéis, não sabeis que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus.

Portanto, quanto mais caminhamos no novo caminho ao qual escolhemos, mais mudamos os nossos pensamentos, gostos, sonhos e desejos.

Se não conseguimos nos desvencilhar das coisas do mundo, como iremos morar no céu?

Se achamos um absurdo ficarmos longe das músicas seculares, dos vícios e dos costumes do mundo, o que iremos fazer no céu?

Para podermos ir para o céu há a necessidade de tudo em nós se renovar, ou seja, aquilo que me dava prazer, agora não dá mais.

Romanos 6

17 Mas graças a Deus que, embora tendo sido servos do pecado, obedecestes de coração à forma de doutrina a que fostes entregues;

18 e libertos do pecado, fostes feitos servos da justiça.

O que quer dizer obedecer de coração à forma de doutrina a que fostes entregues?

De livre e espontânea vontade deixamos tudo que aprendemos no mundo, de coração desejamos agora aprender a forma de viver que as Escrituras nos aconselham, reconhecendo que esta doutrina (ensinamento) é o melhor para as nossas vidas. Nisto provamos que somos nascidos de Deus, vivendo a doutrina ao qual agora modifica o nosso viver que, inevitavelmente, irá contra ao que vivíamos anteriormente.

Esta doutrina se inicia por renovar, mudar, transformar a nossa forma de pensar e entender as coisas.

Romanos 12

2 E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.

Tudo será renovado, pensamento, forma de vestir, comportamentos, relacionamentos, preferências,… de forma que nada nos é imposto, mas de boa vontade vamos nos transformando.

Efésios 4

13 até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, ao estado de homem feito, à medida da estatura da plenitude de Cristo;

Ser cristão é ser imitador de Cristo, então a santificação consiste em mudarmos de tal forma até quase chegarmos à estatura da plenitude de Cristo.

Se isto não dar direção à sua vida cristã, buscar a santificação dia a dia, buscando se desvencilhar do pecado quanto mais se caminha neste caminho, algo está errado com você.

Mas se o pecado cada vez mais te incomoda, você se encontra no processo certo.

Filipenses 1

6 tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até o dia de Cristo Jesus,

Fiquem na paz do Senhor

por:

Serva Rosemary Gomes

Ser aprovado, esta é a nossa vitória

Tiago 1: 12. Bem-aventurado o homem que suporta, com perseverança, a provação; porque, depois de ter sido aprovado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor prometeu aos que o amam.

O Senhor não nos prometeu o conforto, Senhor prometeu vida em abundância, isto ê, uma vida rica que valha a pena, uma vida repleta de experiências.

E Ele nos aconselha a perseverarmos até o fim, pois somente aos perseverantes, aos constantes, será entregue a coroa da vida.

O cristão necessita entender que tem de crescer, crescer na graça e no poder de Deus, e o que quer dizer isto?

Deixar de ser crianças espirituais, para através da tribulação a sua persistência ser provada, com a persistência se adquiri experiência devido às várias tribulações suportadas, exatamente, quanto mais tribulações mais experiente será, e com isto surgirá a fé inabalável, e esta jamais irá desapontar.

Romanos 5: 3. E não somente isto, mas também nos gloriamos nas próprias tribulações, sabendo que a tribulação produz perseverança; 4. e a perseverança, experiência; e a experiência, esperança. 5. Ora, a esperança não confunde, porque o amor de Deus é derramado em nosso coração pelo Espírito Santo, que nos foi outorgado.

Aquele que pensa que ser cristão é ter todos os seus desejos atendidos, que é ter uma vida confortável, não entendeu o Evangelho. Não entendeu que se encontra em terra estrangeira, que sua estadia nesta terra é para a sua capacitação, para que possa ser aperfeiçoado para depois entrar na sua pátria.

Filipenses 3: 20. Pois a nossa pátria está nos céus, de onde também aguardamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo,

Por:

Serva Rosemary Gomes

Uma nova e eterna aliança

Hebreus 8

1 Ora, do que estamos dizendo, o ponto principal é este: Temos um sumo sacerdote tal, que se assentou nos céus à direita do trono da Majestade,

2 ministro do santuário, e do verdadeiro tabernáculo, que o Senhor fundou, e não o homem.

3 Porque todo sumo sacerdote é constituído para oferecer dons e sacrifícios; pelo que era necessário que esse sumo sacerdote também tivesse alguma coisa que oferecer.

4 Ora, se ele estivesse na terra, nem seria sacerdote, havendo já os que oferecem dons segundo a lei,

5 os quais servem àquilo que é figura e sombra das coisas celestiais, como Moisés foi divinamente avisado, quando estava para construir o tabernáculo; porque lhe foi dito: Olha, faze conforme o modelo que no monte se te mostrou.

6 Mas agora alcançou ele ministério tanto mais excelente, quanto é mediador de um melhor pacto, o qual está firmado sobre melhores promessas.

7 Pois, se aquele primeiro fora sem defeito, nunca se teria buscado lugar para o segundo.

8 Porque repreendendo-os, diz: Eis que virão dias, diz o Senhor, em que estabelecerei com a casa de Israel e com a casa de Judá um novo pacto.

9 Não segundo o pacto que fiz com seus pais no dia em que os tomei pela mão, para os tirar da terra do Egito; pois não permaneceram naquele meu pacto, e eu para eles não atentei, diz o Senhor.

10 Ora, este é o pacto que farei com a casa de Israel, depois daqueles dias, diz o Senhor; porei as minhas leis no seu entendimento, e em seu coração as escreverei; eu serei o seu Deus, e eles serão o meu povo;

11 e não ensinará cada um ao seu concidadão, nem cada um ao seu irmão, dizendo: Conhece ao Senhor; porque todos me conhecerão, desde o menor deles até o maior.

12 Porque serei misericordioso para com suas iniquidades, e de seus pecados não me lembrarei mais.

13 Dizendo: Novo pacto, ele tornou antiquado o primeiro. E o que se torna antiquado e envelhece, perto está de desaparecer.

Em Jesus se encerra a plenitude de uma promessa dada por Deus.

Todo o processo religioso ensinado na Lei Mosaica era uma representação do que ocorreria nos céus, no verdadeiro trono de Deus. Por figuras se representava, mas tudo era ineficaz para tirar o pecado do coração do homem. Tudo era apenas superficial.

Hebreus 10

4 porque é impossível que o sangue de touros e de bodes tire pecados.

Pois até mesmo o sumo sacerdote que oferecia sacrifícios no altar, para o perdão dos pecados do povo, tinha de oferecer primeiramente para si mesmo, de ano em ano..

HEBREUS 5

1 Porque todo sumo sacerdote tomado dentre os homens é constituído a favor dos homens nas coisas concernentes a Deus, para que ofereça dons e sacrifícios pelos pecados,

2 podendo ele compadecer-se devidamente dos ignorantes e errados, porquanto também ele mesmo está rodeado de fraqueza.

3 E por esta razão deve ele, tanto pelo povo como também por si mesmo, oferecer sacrifício pelos pecados.

O sumo sacerdote era tomado do meio do povo, entre tantas tarefas, ele estava incumbido de oferecer sacrifício em prol dos pecados do povo, mas ele mesmo era falho, fraco e pecador, devido a isto, antes de oferecer sacrifícios em prol do povo o oferecia primeiramente em favor de si mesmo, para que suas transgressões fossem perdoadas.

Mas isto era ineficiente para tirar o pecado do interior do homem, em vista que o sacrifício se repetia de ano em ano. Isto era uma figura do que iria acontecer na plenitude dos tempos.

Jesus realizou um sacrifício único e eterno, não necessitando de repetições.

Hebreus 4

14 Tendo, portanto, um grande sumo sacerdote, Jesus, Filho de Deus, que penetrou os céus, retenhamos firmemente a nossa confissão.

15 Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado.

16 Cheguemo-nos, pois, confiadamente ao trono da graça, para que recebamos misericórdia e achemos graça, a fim de sermos socorridos no momento oportuno.

Mas porque o que era impossível ser definitivo pela Lei é possível por intermédio de Jesus?

Jesus não tendo pecado ficou em crédito e com isto comprou para Deus homens, mulheres, jovens, crianças e idosos para participar desta aliança.

Mas como isto foi possível?

1 Corintios 6

19 Ou não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que habita em vós, o qual possuís da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos?

20 Porque fostes comprados por preço; glorificai pois a Deus no vosso corpo.

Aos que aceitam o pagamento de Jesus recebem em seu próprio corpo o selo pelo Espírito Santo que, começando a morar no interior do homem, inicia o processo de santificação o direcionando para a conscientização do pecado (porque pecou e peca), da justiça (reconhece que somente a justiça de Deus é a verdadeira, as nossas não passam de meras desculpas esfarrapadas) e do juízo (que virá inevitavelmente, pois Deus prometeu e irá cumprir, Ele tem compromisso com a Sua Palavra)

E esta aliança é eterna, em vista que Jesus morreu uma vez e ressuscitou para uma eternidade, logo a morte não tem poder sobre Ele.

Devido a isto somos considerados noivas, aguardando este casamento que será eterno. No casamento humano, enquanto vive o cônjuge se está obrigado a ficar ligado a ele, mas morrendo, se está livre desta aliança.

1 Corintios 7

39 A mulher está ligada enquanto o marido vive; mas se falecer o marido, fica livre para casar com quem quiser, contanto que seja no Senhor.

Mas neste casamento não será assim, a união será eterna, em vista que o noivo é eterno.

Jesus uma única vez morreu e ressuscitou para nunca mais a morte ter poder sobre Ele. Ele venceu a morte, ao qual é o salário pelo pecado.

Por: Rosemary Gomes

Shalom

Gostou? Temos muitos outros trabalhos, acesse:

Site: http://www.servarosemarygomes.online
Canal: http://www.youtube.com/c/servarosemarygomes
Facebook: http://www.facebook.com.br/servarosemarygomes

Vivendo nesta carne a vida de Cristo

Gálatas 2: 20. Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou e se entregou a si mesmo por mim.

Vamos salientar a frase “e a vida que agora vivo na carne “, isto é, passar a viver de outra forma a vida que está vivendo, não seguir mais suas idéias e desejos, mas viver como Deus nos aconselha a viver.

Perdoar, mesmo se a pessoa não pediu perdão, perdoar mesmo se a pessoa não reconheceu que errou, perdoar mesmo que você ache que a pessoa não merece o perdão.

Estar crucificado é ter morrido para este mundo, morrer para este mundo é morrer em nossa mente os padrões deste mundo.

Dizer que Cristo vive em nós é ter a consciência que o Espírito Santo foi enviado, e agora fazendo morada, somos guiados por Ele;

Efésios 1:13 no qual também vós, tendo ouvido a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação, e tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa,

14 o qual é o penhor da nossa herança, para redenção da possessão de Deus, para o louvor da sua glória.

Após ouvirmos a Palavra e crermos nela somos selados pelo Espírito Santo e o motivo ou seja, objetivo deste selo se encontra citado no versículo 14, para nos rendermos a Deus, para sermos possuídos por Ele e tudo isso para que Ele seja glorificado através de nossa redenção.

Mas uma pessoa poder bloquear o agir do Espírito Santo ? Sim, pode.

1 Tessalonicenses 5

19 Não extingais o Espírito;

Com certeza isto é grave, pois ao fazer isto é sinal de endurecimento da consciência e com isto do coração. Ao endurecer o coração, significa que nos tornamos insensíveis e apresentamos os comportamentos contrários aos ensinamentos de Deus, começamos a pecar, deliberadamente, sem arrependimentos.

Efésios 4

30 E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção.

Se conseguimos entristecer o Espírito isto nos mostra que Ele é uma pessoa com condições de ter sentimentos próprios.

Então que possamos primeiramente sermos selados pelo Espírito Santo e que, acima de tudo, não o impeçamos de realizar a obra redentora em nosso interior, que sejamos santificados, pois sem isto, não poderemos ir para o céu.

Por:

Serva Rosemary Gomes

Shalom

Aquele que ama obedece

João 14: 21. Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, este é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei e me manifestarei a ele.

Que Deus nos amou de tal maneira, nós sabemos.

Que Jesus nos ama a ponto de ter sacrificado por nós, nós sabemos.

Mas a questão é, nós o amamos?

Deus deu a prova de seu amor e nós, como podemos provar que o amamos?

Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, este é o que me ama;

Jesus deixa claro que aquele que guarda os seus mandamentos o ama.

Mas quais são estes mandamentos? Quais são os mandamentos de Jesus?

João 1: 1. No princípio, era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus

E ainda para melhor entendimento.

João 1: 14. E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do Unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade.

Foi Deus o autor da Bíblia de Genesis à Apocalipse, e como nos é revelado, Jesus é Deus, logo os seus mandamentos estão desde Genesis à Apocalipse.

Toda a bíblia é para o nosso proveito, para aprender, para sermos corrigidos, para vivermos conforme os princípios éticos, morais e cívicos de Deus.

2 Timóteo 3: 16. Toda Escritura divinamente inspirada é proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça, 17. para que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente instruído para toda boa obra.

Mas muitos dizem que o Senhor Jesus deu apenas dois grandes mandamentos, amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo, dando a entender que esta ordem de Jesus anula toda a Escritura. Vamos ver?

Veja o que se segue em explicação pelo próprio Jesus, sobre estes dois grandes mandamentos.

Mateus 22: 37. E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. 38. Este é o primeiro e grande mandamento. 39. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. 40. Desses dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas.

Vejamos, negritei e grifei a explicação, estes dois mandamentos é um resumo dos Dez Mandamentos, que também é um resumo de Todo o Antigo Testamento, que não deixa de ser um resumo de todo o Novo Testamento, pois Deus não mudou seus ensinamentos para o homem, mas sim os aprofundou.

Se conseguirmos amar a Deus sobre TODAS as coisas e ao próximo como a NÓS MESMOS, teremos cumprido TODA a BÍBLIA e com isto, chegado à perfeição de Deus.

Mas, para nós isto é impossível, isto é graça de Deus, é o poder dele atuando. Jesus vencendo a morte, mostrou o seu poder, a sua glória e com isto pode nos enviar o Espírito Santo que nos encaminha em todo o processo de santificação.

Temos de guardar a Palavra, mas sem Espírito da Verdade prometido a nós por Jesus, a Palavra apenas nos mostra a morte em nosso ser, mas o Espírito é quem nos vivifica.

Vamos encerrar com alguns versículos que nos faz entender isto.

João 16: 13. Mas, quando vier aquele Espírito da verdade, ele vos guiará em toda a verdade, porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido e vos anunciará o que há de vir.

Tiago 1: 23. Porque, se alguém é ouvinte da palavra e não cumpridor, é semelhante ao varão que contempla ao espelho o seu rosto natural; 24. porque se contempla a si mesmo, e foi-se, e logo se esqueceu de como era. 25. Aquele, porém, que atenta bem para a lei perfeita da liberdade e nisso persevera, não sendo ouvinte esquecido, mas fazedor da obra, este tal será bem-aventurado no seu feito.

2 Coríntios 3: 6. o qual nos fez também capazes de ser ministros dum Novo Testamento, não da letra, mas do Espírito; porque a letra mata, e o Espírito vivifica.

Por: Serva Rosemary Gomes

Como não tendes fé?

“Então lhes perguntou: Por que sois assim tímidos? Ainda não tendes fé? (Marcos 4:40)”

O contexto do versículo acima narra uma breve história onde o Senhor Jesus estava com seus discípulos. Eles estavam em Cafarnaum e iam à cidade de Gadara atravessando o mar da Galileia.

Logo Jesus dormiu e veio uma tempestade de ventos e os discípulos se apavoraram. Devido ao medo de que acontecesse algo eles foram acordar o Mestre. Jesus de prontidão se levantou e acalmou a tempestade.

“E ele, levantando-se, repreendeu o vento, e disse ao mar: Cala-te, aquieta-te. E cessou o vento, e fez-se grande bonança. (Marcos 4:39)”

Mas a reflexão que podemos receber com essa história é que independente para onde vamos, Jesus estará conosco. Ele está presente no nosso barquinho (vida) e jamais irá nos abandonar a partir do momento que deixamos Ele entrar em nossa vida. O primeiro passo é convidar que Ele faça morada contigo, e depois Ele guiará nosso barco. Deixe Ele ser o comandante.

As circunstâncias nem sempre serão boas para nós, chuvas, ventos e  tempestades virão de várias formas. Seja como calúnias, fofocas, mentiras, doença, desentendimentos e etc. Jamais devemos fazer como os discípulos, Cristo está conosco, não há o que temer. Na situação Jesus estava descansando pois quando Ele estava aqui Ele era 100% Deus e 100% homem. Ele padecia das mesma coisas que nós como fome, dor e até sono. Naquele momento Ele precisava descansar, mas jamais Jesus perderia o controle da situação.

Descanse, o vento vai balançar nosso barco, mas não perca a fé. Dias de chuva fazem parte da nossa vida, mas o Sol sempre aparece.

Não desista! Jesus está contigo!

Shalom Adonai 🙂

Deus te abençoe!

Por: Daniela Rezende

 

A Bíblia é o nosso manual

“Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça. (2 Timóteo 3:16)”

Deus sabia que nós precisaríamos de algo para que pudêssemos aprender mais sobre o Reino de Deus, assim Ele fez que grandes homens escrevessem essa Carta de Amor maravilhosa que é a Escrituras. Todos os autores foram inspirados através do Espírito Santo para deixar as mensagens do Senhor a nós.

Desde Gênesis até Apocalipse, versículo por versículo foi inspirado pelo Senhor. Não há nada que nós possamos duvidar. Talvez nossa mente se limita a acreditar que houve o Diluvio, a abertura do mar vermelho, a história sobre Jonas com o peixe grande, e tantas outros fatos que a Bíblia nos traz, mas temos que descansar, e confiar em Deus pois cada fato ocorrido, Ele fez questão que fosse registrado para nosso aprendizado.

A Palavra do Senhor tem sua finalidade que é nos ensinar sobre o Reino, conhecendo o cada vez mais, não só de ouvir falar mas lendo e entendendo com seu próprio entendimento.

Ela nos corrigi pois precisamos de mudança, nós achamos que somos perfeitos, mas quando nos deparamos com a Bíblia vemos como necessitados mais e mais de Deus e de sua misericórdia.

Ela serve para repreender, corrigir o que precisa ser corrigido, pois se teu vizinho (irmão,amigo) erra com a Bíblia você deve mostrar o erro e apontar a solução. Caluniar jamais, precisamos estender a mão amiga e a Bíblia tem todos os conselhos necessários.

Instruir em justiça é o caminho a qual todos devem andar, seguir a justiça do Senhor. Sim, Ele é amor, mas também é justiça, gosta de cada coisa no seu lugar. Ele jamais vai contra sua própria Palavra. Se quer saber o que fazer é só seguir sua Palavra. Deus não quebra princípios. O que sempre deve prevalecer é a vontade do Senhor e não a nossa, pois Ele sempre tem o domínio de tudo.

A Bíblia é nosso manual, ela é nossa bússola nesse mundo, pois nos guia e ilumina nossos passos. Recorra a ela todos os dias pois assim ninguém vai te enganar. A verdade é só ela. Vamos obter o conhecimento do Senhor, peça a Ele sabedoria e Ele irá te conceder. Através dela poderemos ter nossas vidas transformadas, pois seremos bons filhos, bons pais, bons funcionários, bons patrões, bons alunos  e etc. A sabedoria que ela nos oferece é totalmente diferente do que qualquer outro livro pode nos ensinar, pois com a Palavra iremos reagir e agir conforme a vontade de Deus, e isso em qualquer área de nossa vida faz toda diferença. Não duvide, creia a Bíblia tem poder mais do que você possa imaginar. Além disso, guarde no seu coração e coloque em prática os ensinamentos do Pai.

Não recorra a esse manual somente em dias de angustia, busque a Palavra do Senhor todos os dias. Medite nela, reserve um tempo para poder ter intimidade com Deus e através da leitura bíblica é uma ótima ferramenta para estarmos ligados no trono da graça.

A Bíblia é fenomenal! Examine sempre! Conheça mais a Jesus através da Bíblia!

Shalom Adonai 🙂

Deus te abençoe !

Por: Daniela Rezende

Nossas aflições

“Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós cada vez mais abundantemente um eterno peso de glória; (2 Coríntios 4:17)”

Talvez no seu caminhar você deve ter sofrido muito ou nesse exato momento você está sofrendo. Mas o Senhor trás a nós uma palavra de ânimo, de coragem. Que todos nós não venhamos a confiar em nossos braços (nossa força) e sim em Deus.

Jesus nos ensina que nesse mundo iriamos passar por fases difíceis, mas não era para nós desistir, pois assim como Ele venceu, conseguiríamos também finalizar o jogo e ganhar.

“Tenho-vos dito estas coisas, para que em mim tenhais paz. No mundo tereis tribulações; mas tende bom ânimo, eu venci o mundo. (João 16:33)”

A situação que você esteja vivendo hoje talvez para você possa ser um fardo pesado, mas saiba que em Jesus você pode encontrar paz e descanso.  Não há nada impossível, em Deus, que nós não podemos vencer. Cada um possui um fardo conforme pode carregar, nem mais e nem menos. Não se esqueça que esse momento difícil que você vive, você é capaz de vencer sim! Não coloque os pés pelas mãos, não passe o carro na frente dos bois. Clame a Jesus, peça ao Senhor que lhe dê discernimento para agir e reagir na hora certa.

Temos dificuldades na nossa vida, seja na escola, no trabalho, no relacionamento com o (a) companheiro (a) ou na família, mas isso tudo passa. As aflições sempre servem para nos deixar cada vez mais fortes, tudo é aprendizado.  Amém ? Não olhe a dificuldade do vizinho sendo menor que a sua pois cada um carrega o que pode aguentar, então você é capaz. Não chore, não se lamente, não reclame.

Não se esqueça que isso tudo que você passa é leve e momentâneo, algo melhor está reservado para aqueles que optarem servir ao Senhor. Decida deixar Ele ser seu Senhor e Salvador. É só Jesus, somente Ele que está conosco 24 horas de nosso tempo. Não desanime, tenha fé.

“Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele tudo fará. (Salmos 37:5)”

Descanse seu coração! Confie! Tudo vai passar! E se não passar você tem forças o suficiente para aguentar. Beleza?

Shalom Adonai 🙂

Deus te abençoe!

Por: Daniela Rezende

Jesus é a porta

“Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á, e entrará, e sairá, e achará pastagens. (João 10:9)”

Na parábola que o Senhor relata no Evangelho de João, Ele se compara a “Porta”. Porta é passagem, acesso de um lugar para o outro.  Além disso, Jesus nos chama de ovelha o qual Ele é nosso Pastor, Ele é nosso guia.

Através de Jesus podemos viver o sobrenatural, pisar no chão sem temer, caminhar sem saber como será a caminhada, mas que no final, tudo dará certo. Com Jesus a história é outra, não há o que temer.

Na reflexão de hoje, o Senhor nos ensina que através d’Ele, somente d’Ele há refrigério para nossa alma, há descanso para nossos corações inquietos. Ele nos oferece a verdadeira paz, a verdadeira alegria. Se você acha que és feliz, ainda não viu nada. A “pastagem” que podemos encontrar através de Jesus, nossos olhos e nossos corações jamais conheceu e vai conhecer, a não ser naquele grande dia, no dia da nossa Salvação.

Nessa vida ainda podemos desfrutar de um pouco dessa pastagem, o convite que Jesus nos faz é entrar por essa passagem. Então decida se torna uma ovelha, decida ouvir a voz do Pastor que é Jesus. Muitos dizem vir no nome d’Ele, mas são mercenários, são assaltantes, são lobos e só querem nossa lã. Vá para Jesus, busque sua Palavra para que você possa ter discernimento do certo e do errado.

Conheça a Jesus, conheça Sua voz, e essa voz só poderemos ouvir através da intimidade com a Palavra e com a oração, não há outro meio a não ser pela busca. Jesus deu a vida por nós pelo fato que Ele sim verdadeiramente nos ama. Não perca tempo, desfrute do sobrenatural de Deus.

Ovelha precisa de aprisco (morada), de comida (pastagem) e de proteção. Não se esqueça, Jesus é tudo isso! Ele é nossa morada, n’Ele podemos habitar. O alimento que Jesus oferece não é como esse físico o qual nosso corpo precisa, mas sim do qual nossa alma necessita, o qual nada pode realmente saciar. Ele é nosso escudo, Ele é quem nos protege no mal.

Vá ao encontro de Jesus! Jesus é o ÚNICO caminho!  Ele é a única porta que nos conduz para Deus! É somente por Ele! Não perca tempo!

 

Shalom Adonai 🙂

Deus te abençoe !

Por: Daniela Rezende