Os que cuidam do templo, nos dias de hoje, cuidam em aperto.

Provérbios 3: 9. Honra ao Senhor com os teus bens, e com as primícias de toda a tua renda; 10. assim se encherão de fartura os teus celeiros, e transbordarão de mosto os teus lagares. – Bíblia JFA Offline

Não sou eu quem escolhe o assunto do dia e hoje coube falar sobre o dinheiro ofertado nas igrejas.

Vendo estes versos podemos perguntar. O Senhor precisa de alguma coisa?

A resposta é não.  Então porque Ele estabeleceu os dízimos e as ofertas, e como o honramos com as primicias?

O Senhor estabeleceu aqui na terra várias finalidades para várias necessidades do templo e das pessoas que servem o templo. Não somente as pessoas que trabalham na obra são dignas de receber o seu sustento, como o próprio templo necessita de cuidados e manutenções.

O Senhor condena a avareza, onde aqueles que utilizam os serviços do templo não cuidam do templo, cuidando apenas de seus lares e não tendo o zelo pelas coisas do Senhor.

Ageu 1: 4. Acaso é tempo de habitardes nas vossas casas forradas, enquanto esta casa fica desolada? – Bíblia JFA Offline

O Senhor não necessita de absolutamente nada, mas a obra e os que a realizam, necessitam.

Na antiguidade o que se levava na casa do Senhor, que eram entregues para os sacerdotes administrarem eram cereais, animais ou parte dos mesmos, ouro, prata e bronze, hoje há de se levar em forma de moeda corrente do país, pois assim trocam as moedas (dinheiro) pelas necessidades.

Agora deixe-me fazer uma observação, nunca se viu os templos de Deus e os seus sacerdotes (pastores) em tanto aperto. Na antiguidade a melhor parte ficava para o sacerdotes e os levitas, hoje, somente se sustenta o pastor e em meio a muita reclamação e o mesmo sempre se encontra não apenas em aperto financeiro como também sobrecarregado de serviço, pois, todos os serviços são voluntários, sendo que cada igreja deveria não só sustentar o pastor, como sustentar a todos que fossem levantados para trabalhar na obra.

Assim teríamos evangelistas em tempo integral, levitas em tempo integral e pastores com suas vidas mais tranquilas na dedicação do pastoreio.

Mas porque isto acontece?

O povo se tornou cada vez mais avarento, devido a meia dúzia de mega-igrejas e algumas de menor porte que, na administração incorreta com que o povo oferta e dizima escandalizou a muitos, trazendo uma má fama aos que cuidam do trabalho do templo.

É verdade, realmente é desanimador vermos o que alguns fazem, mas não podemos generalizar, ainda há muitos anjos do Senhor encabeçando os serviços nos templos e pior, devido a apenas poderem contar com trabalhos voluntários, por não poderem exigir muito das ovelhas, que já se apertam em buscar no mundo secular seu sustento e ainda ajudar nas tarefas dos templos, pastores se vêem sobrecarregados. Se a igreja cumprisse a sua parte, tanto pastores quanto colaboradores seriam bem remunerados e a igreja do Senhor cresceria mais rapidamente.

Eu dedico honra ao meu pastor Carlos Neto, pois tenho acompanhado a sua luta e o seu zelo pela obra, em todos os eventos de nossas igrejas o tenho visto chegando quase à exaustão, embora ele tenha sim ovelhas, que tenho visto, colaboram, se dedicam, mas como disse acima, por dividirem seu tempo por necessitarem buscar o sustento, fazem de todo o possível para o ajudar, mas logicamente que ainda assim, o pastor Carlos e sua família sofrem as consequências deste mundo moderno. Obrigada pastor e obrigada à sua família, pois vocês tem cuidado da minha família. Deus os abençoe e galardão será grande.

Shalom

Publicado por ministeriorg

Uma mulher que só encontra sentido na vida em realizar trabalhos para o Senhor, este Blog é um destes trabalhos, pois ainda tenho muitos outros trabalhos, todos destinados a adorar e a exaltar a Deus pelas suas maravilhas

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: