Palavra do dia 01.04.17

1 Pedro: 2. 22. Ele não cometeu pecado, nem na sua boca se achou engano; 23. sendo injuriado, não injuriava, e quando padecia não ameaçava, mas entregava-se àquele que julga justamente; 24. levando ele mesmo os nossos pecados em seu corpo sobre o madeiro, para que mortos para os pecados, pudéssemos viver para a justiça; e pelas suas feridas fostes sarados. – Bíblia JFA Offline

Temos de seguir o exemplo de Cristo, que obedeceu até a morte. Vejamos um pouco de sua obediência nestes versos.

nem na sua boca se achou engano; – Jesus falava pouco, e o pouco que falava era para falar das coisas concernentes ao Reino.

Quando lhe perguntaram sobre impostos, apenas disse para pagar, não ficou a reclamar sobre nada, se era justa esta cobrança, se o governador estava certo ou errado, apenas pagou.

A Biblia nos ensina a orar pelo políticos, pois eles prestarão contas, porque haveriamos de prestar conta por usar nossas bocas indevidamente?

Todo lider, quer seja político ou religioso, foi colocado nesta posição por Deus.

sendo injuriado, não injuriava – Jesus recebeu críticas em tudo que fazia, mas continuava o seu trabalho sem nada falar. Porque?

Perderia o foco se perdesse o tempo em ficar debatendo sobre o que estava realizando. Temos de ser assim, se temos a plena certeza de que o que fazemos é feito em Deus, não nos importaremos com as críticas, pois elas virão, normalmente movidas por sentimentos egoistas e por espíritos de disputa.

Mas, se o que fizermos for de nosso ego, para mostrar quão sábios somos, como somos servos usados ou ainda, mostrar o como somos ungidos, nos perderemos, pois as criticas nos atingirão e perderemos tempo debatendo apologias (defesas) às nossas obras, usando bocas (dedos também)  para tal, cometeriamos pecado, inevitavelmente e perderíamos a oportunidade devido a sairmos do foco, do centro da vontade de Deus.

quando padecia não ameaçava, mas entregava-se àquele que julga justamente; – Jesus sofria inúmeras ameaças, perseguições e tantas coisas, e nunca usou a sua posição de Ungido para ameaçar ou revidar aos seus perseguidores, entregava tudo a Deus.

Devemos agir assim. Não devemos usar frases, mau colocadas como AI DAQUELE QUE SE LEVANTAR CONTRA O UNGIDO DE DEUS, como que desejando o castigo contra aqueles que não são favoráveis a nós,  não devemos agir assim, mas entregar a Deus clamando que o Senhor tenha misericórdia desta pessoa e que ela venha ao arrependimento.  Não foi isto que Jesus fez às portas da morte?

Lucas: 23. 34. Jesus, porém, dizia: Pai, perdoa-lhes; porque não sabem o que fazem. Então repartiram as vestes dele, deitando sortes sobre elas. – Bíblia JFA Offline

Devemos deixar para Deus, pois Ele nos ensina.

Romanos: 12. 19. Não vos vingueis a vós mesmos, amados, mas dai lugar à ira de Deus, porque está escrito: Minha é a vingança, eu retribuirei, diz o Senhor. 20. Antes, se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer; se tiver sede, dá-lhe de beber; porque, fazendo isto amontoarás brasas de fogo sobre a sua cabeça. 21. Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem. – Bíblia JFA Offline

Que possamos seguir o exemplo do Mestre para que em tempo oportuno Ele nos resgate para ficar ao Seu lado.

Shalom

***Se estiver no APP.  Clique em “mais”abaixo, se estiver aparecendo e seja direcionado para o site para compartilhar este post e colocar sua opinião pelos emotions disponíveis.

Publicado por ministeriorg

Uma mulher que só encontra sentido na vida em realizar trabalhos para o Senhor, este Blog é um destes trabalhos, pois ainda tenho muitos outros trabalhos, todos destinados a adorar e a exaltar a Deus pelas suas maravilhas

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: