Palavra do dia 16.03.17

Miquéias – 6.8: Ele te declarou, ó homem, o que é bom; e que é o que o Senhor requer de ti, senão que pratiques a justiça, e ames a benevolência, e andes humildemente com o teu Deus? – Bíblia JFA Offline

O que o Senhor requer de cada um de nós é que deixemos o pecado,  pratiquemos a sua justiça andando por seus caminhos.

Mas o homem natural, aquele que ainda não recebeu o Espírito Santo, é incapaz disto, pois o que nos ensina todas essas coisas é Ele.

João: 16. 8. E quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo: 9. do pecado, porque não crêem em mim; 10. da justiça, porque vou para meu Pai, e não me vereis mais, 11. e do juízo, porque o príncipe deste mundo já está julgado. – Bíblia JFA Offline

Somos ensinados pelo próprio Deus.

João: 6. 45. Está escrito nos profetas: E serão todos ensinados por Deus. Portanto todo aquele que do Pai ouviu e aprendeu vem a mim. – Bíblia JFA Offline

E aprendendo de Deus, não há como não honrar e glorificar aquEle que Deus enviou, pois o Espírito rende glórias ao Senhor Jesus.

1 Coríntios: 12. 3. Portanto vos quero fazer compreender que ninguém, falando pelo Espírito de Deus, diz: Jesus é anátema! e ninguém pode dizer: Jesus é o Senhor! senão pelo Espírito Santo. – Bíblia JFA Offline

Somos convencidos de quem é Jesus pelo Espírito Santo. Somente podemos reconhecer Jesus como Senhor através do Espirito Santo.

Jesus veio apresentar ao Pai, honrar ao Pai.

O Espírito vem apresentar ao Filho (e a sua Palavra), honrar ao Filho.

E o Espírito Santo, quem o honra? Por isto todo pecado cometido contra o Espírito Santo, não poderá ser perdoado,  nem aqui nesta Terra e muito menos poderá ser resgatado por Jesus no Dia do Senhor.

Ainda como está escrito, se quem convence o homem do pecado é o Espirito Santo, logo como poderá ser perdoado de ter pecado contra o Espírito Santo? Pois tem pecado justamente contra o Único que o auxiliaria no processo de santificaçao, de conscientização.

Estaria fechando a porta para a sua salvação.

Vejamos os versos que falam sobre isto, a blasfêmia contra o Espírito Santo.

Mateus: 12. 31. Portanto vos digo: Todo pecado e blasfêmia se perdoará aos homens; mas a blasfêmia contra o Espírito não será perdoada. 32. Se alguém disser alguma palavra contra o Filho do homem, isso lhe será perdoado; mas se alguém falar contra o Espírito Santo, não lhe será perdoado, nem neste mundo, nem no vindouro. – Bíblia JFA Offline

Mas, como se blasfema contra o Espírito?

Mateus: 12. 24. Mas os fariseus, ouvindo isto, disseram: Este não expulsa os demônios senão por Belzebu, príncipe dos demônios. – Bíblia JFA Offline

Jesus estava realizando as obras pelo poder do Espírito Santo, era inegável que as obras provinham de Deus. No entanto estes homens, ao verem estas obras, com seus corações endurecidos, disseram que Jesus realizava estas obras por Satanás.

Vou abrir um ponto aqui.

Lembro-me de certa ocasião que estando eu evangelizando, certo pastor saiu a dizer que eu estava endemoninhada, logo escandalizou a muitos, principalmente aos que foram evangelizados por mim, fazendo-os indagar. Como poderia uma pessoa evangelizar por demônios? 

Tive de com muita cautela, explicar que de forma alguma poderá um endemoninhado evangelizar, pois a palavra é viva e eficaz e jamais deixará de surtir a sua eficácia ao qual foi lançada, por isto está escrito, se CONHECER A VERDADE será livre.

O diabo e os demônios conhecem o poder da Palavra, eles não fariam isto, pois sabem que levaria muitos à salvação e o que definitivamente o que eles NÃO querem é que o homem se salve.

Isto foi uma blasfêmia contra o Espírito Santo.

Normalmente a blasfêmia tem sua origem no ciúmes e na inveja, que possamos matar este sentimento dentro de nós. 

Caim matou Abel por ciúmes. Os irmãos de José quiseram o matar por ciúmes. Esau quis matar Jacó por ciúmes. O próprio Satanás caiu de sua posição original por ciúmes. Os lideres religiosos ao acusarem as obras realizadas por Jesus, que eram realizadas por Satanás,  agiram por ciúmes. 

Vamos ver os versos que mostram que por ciumes agiam contra Jesus o tempo todo.

Mateus: 27. 18. Pois sabia que por inveja o haviam entregado. – Bíblia JFA Offline

Compartilhei isto porque muitos se incomodam por temor (e isto é bom),  para não correrem o risco de cometer tal pecado.

Vejam, este pecado contra o Espírito Santo, não é um pecado corriqueiro.

Devemos tomar cuidado com o ciúmes e a inveja,  é impossível para nós não termos este sentimento que nos causa até vergonha, mas não podemos deixar ele crescer dentro de nós .

Para finalizarmos, vamos ver o conselho que Deus deu a Caim, sobre o ciúmes contra seu irmão Abel.

Gênesis: 4. 6. Então o Senhor perguntou a Caim: Por que te iraste? e por que está descaído o teu semblante? 7. Porventura se procederes bem, não se há de levantar o teu semblante? e se não procederes bem, o pecado jaz à porta, e sobre ti será o seu desejo; mas sobre ele tu deves dominar. – Bíblia JFA Offline

Então, que dominemos este sentimento tão destrutivo, o ciúmes, para que não sejamos dominados por ele.

Shalom

***Se estiver no APP.  Clique em “mais”abaixo, se estiver aparecendo e seja direcionado para o site para compartilhar este post e colocar sua opinião pelos emotions disponíveis.

Publicado por ministeriorg

Uma mulher que só encontra sentido na vida em realizar trabalhos para o Senhor, este Blog é um destes trabalhos, pois ainda tenho muitos outros trabalhos, todos destinados a adorar e a exaltar a Deus pelas suas maravilhas

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: