Palavra do dia 13.12.16

João – 16.33: Tenho-vos dito estas coisas, para que em mim tenhais paz. No mundo tereis tribulações; mas tende bom ânimo, eu venci o mundo. – Bíblia JFA Offline

O Senhor promete a paz nEle, mesmo em meio as tribulações, Ele diz para sermos animados através da certeza que, assim como Ele venceremos.

O Senhor não prometeu, na caminhada cristã, uma vida sem dificuldades.

Mas prometeu que, aquele que estiver na Rocha, terá paz mesmo nos momentos difíceis.

E nos anima, nos alertando, para não nos esquecermos que os momentos difíceis são passageiros e que venceremos.

Como está escrito:

Salmos: 30. 5. Porque a sua ira dura só um momento; no seu favor está a vida. O choro pode durar uma noite; pela manhã, porém, vem o cântico de júbilo. – Bíblia JFA Offline

A duração de uma noite, simboliza um período, isto é,  vai passar, e chegará o momento simbolizado pela manhã,  pelo dia, em que se alegrará.

Mas podemos perguntar. Para que servem as tribulações, qual a sua utilidade?

Romanos: 5. 3. E não somente isso, mas também gloriemo-nos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a perseverança, 4. e a perseverança a experiência, e a experiência a esperança; 5. e a esperança não desaponta, porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado. – Bíblia JFA Offline

Temos neste processo de aprendizado, de aperfeiçoamento que, a tribulação é o inicio desta etapa.

Cada período de tribulação inicia-se um novo período de aprendizado. E nesta evolução, para cada período,  temos a promessa de não nos desapontarmos pois, não seremos desapontados em nossa esperança (fé).

Pois garante este poder, através do Espírito Santo, que é derramado em nossos corações.

Temos escrito a garantia.

2 Timóteo: 1. 7. Porque Deus não nos deu o espírito de covardia, mas de poder, de amor e de moderação. – Bíblia JFA Offline

Este poder, dado ao nosso espírito é concedido pelo Espírito Santo que cola em nosso espírito, nos amparando em todas as situações.

O Senhor Jesus deixou claro:

João: 14. 16. E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Ajudador, para que fique convosco para sempre. 17. a saber, o Espírito da verdade, o qual o mundo não pode receber; porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque ele habita convosco, e estará em vós. 18. Não vos deixarei órfãos; voltarei a vós. – Bíblia JFA Offline

Ele voltaria para o Pai, para a sua Glória,  mas deixaria para nós o Espírito que em tudo nos assistiria e confiaria poder.

Shalom

Publicado por ministeriorg

Uma mulher que só encontra sentido na vida em realizar trabalhos para o Senhor, este Blog é um destes trabalhos, pois ainda tenho muitos outros trabalhos, todos destinados a adorar e a exaltar a Deus pelas suas maravilhas

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: