Do que os ramos se alimentam?

Vamos ver a seguinte passagem que se encontra no livro de João capítulo 15 dos versículos 1 ao 8

1 Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o viticultor.

2 Toda vara em mim que não dá fruto, ele a corta; e toda vara que dá fruto, ele a limpa, para que dê mais fruto.

3 Vós já estais limpos pela palavra que vos tenho falado.

4 Permanecei em mim, e eu permanecerei em vós; como a vara de si mesma não pode dar fruto, se não permanecer na videira, assim também vós, se não permanecerdes em mim.

5 Eu sou a videira; vós sois as varas. Quem permanece em mim e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer.

6 Quem não permanece em mim é lançado fora, como a vara, e seca; tais varas são recolhidas, lançadas no fogo e queimadas.

7 Se vós permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedi o que quiserdes, e vos será feito.

8 Nisto é glorificado meu Pai, que deis muito fruto; e assim sereis meus discípulos.

Jesus aqui deixa claro que o viticultor é Deus, a videira Jesus, os ramos são aqueles que permanecem na videira através de sua palavra.

O alimento que sai da videira para os ramos é a palavra, que sustenta e mantém unida à videira. Nos versos 4 e 5 Jesus diz que aquele que permanece na videira (Jesus) dá muitos frutos ( renovação, transformação, regeneração) e no verso 7 deixa mais claro ainda o que é usado para este fortalecimento, a palavra que tem de permanecer nos ramos, sem a retenção deste alimento os ramos murcham, caem e somente servem para serem lançados fora.

Escuto muitas pessoas chamar Jesus de Senhor, eu mesma já fiz isto sem entender nada do que estava falando, minha boca falava, mas meu coração (pensamentos, sentimentos, atitudes) estavam longe do Senhor, porque eu não o conhecia.

Pois quando nos deparamos com João 1 verso 1 e 2 veja o que encontramos:

1 No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.

2 Ele estava no princípio com Deus.

O Verbo, o Logos como em algumas traduções mais antigas é o próprio Jesus, isto é, a palavra que estava com Deus desde o princípio de todas as coisas, no entanto vemos no verso do mesmo livro de João 1 verso 14 que este Verbo se fez carne, se transformou em homem para viver no meio de nós. Veja:

14 E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade; e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai.

Baseado em muitos lugares na bíblia e também nestes versos, é inquestionável que, quando uma pessoa diz que Jesus é seu Senhor, porém não conhece e nem considera em seu coração as palavras da bíblia, como regra de vida e conduta, digo, esta pessoa está no engano. Não há como conhecer a Jesus desconhecendo a palavra.

Por isto é tão importante a leitura bíblica. Mas ai você pode dizer – Ah, mas eu já tentei, é muito difícil. – Veja, tudo no começo para aprendermos é difícil e é notório que quanto mais velhos ficamos mais difícil o aprendizado, por exemplo, habilitar uma criança para andar é muito mais fácil e progressivo do que um homem de 40 anos, onde será mais lento. Por isto a palavra diz:

Provérbios 22

6 Instrui o menino no caminho em que deve andar, e até quando envelhecer não se desviará dele.

Teria de se ensinar desde menino, mas nos preocupamos em ensinar nossos filhos de tudo, informática, matemática, inglês, natação, etc,… mas desconsideramos a palavra como ensinamento fundamental. Quando eu era menina na escola tinha algo que se chamava Ensino Religioso, bem, realmente sou contra pois este ensino tinha doutrinas católicas, mas, quem disse que não se deveria como regra ler a bíblia nas escolas?

A questão é que não sabemos nem para nós a importância da bíblia, como iríamos dar a devida importância?

Posso dizer isto com toda a certeza baseada em minha experiência de vida, minha mãe não aprendeu esta importância, porque não havia aprendido de sua mãe, que também não ensinou a mim, logo, não dei a devida importância para os meus filhos, a cada geração mais distante dos caminhos de Deus.

Como foi isto corrigido? Eu aprendi a bíblia e como meus filhos ainda estavam debaixo de minha guarda, ensinei a eles, lógico a escolha se quer ou não seguir é deles, mas a obrigação de corrigir tamanho erro, tamanha negligência e ignorância, era minha responsabilidade.

A escolha é individual, lógico que eles se tornaram Protestantes, por escolha através do conhecimento da palavra, pois é fiel o que está escrito:

Romanos 10

17 Logo a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Cristo.

Só que o mais importante que quero salientar aqui é, o conhecimento da palavra, o conhecimento a Jesus. Não há como conhecer Jesus sem conhecer a palavra. E como está escrito:

João 14

6 Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.

Sem Ele ninguém chegará a Deus, então tome uma decisão, apesar que você já tomou não é mesmo? A de buscar o conhecimento, pois pelo fato de estar aqui prova isto, Glórias a Deus!!!!

Que em nome de Jesus você prossiga em buscar este conhecimento, e com certeza de forma alguma o Senhor o rejeitará no DIA DO SENHOR, veja:

João 6

37 Todo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora.

38 Porque eu desci do céu, não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou.

39 E a vontade do que me enviou é esta: Que eu não perca nenhum de todos aqueles que me deu, mas que eu o ressuscite no último dia.

40 Porquanto esta é a vontade de meu Pai: Que todo aquele que vê o Filho e crê nele, tenha a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia.

Bem é isto por hoje, espero que sejam abençoados, assim como eu sou em estar aqui com vocês. Até o próxima terça, se o Senhor nos permitir.

Shalom

//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

%d blogueiros gostam disto: