Alegria no sofrimento? Como?

TIAGO 1

2 Meus irmãos, tende por motivo de grande gozo o passardes por várias provações,

3 sabendo que a aprovação da vossa fé produz a perseverança;

4 e a perseverança tenha a sua obra perfeita, para que sejais perfeitos e completos, não faltando em coisa alguma.

A Bíblia vai completamente contra tudo o que o mundo ensina.

Temos de perder para ganhar. Temos de nos alegrar com o sofrimento. É dividindo que se multiplica. E coisas semelhantes a estas.

Vamos aqui entender o que quer dizer em Tiago 1:2-4, o que afinal de contas quer dizer alegrar e ter gozo com o passar por provações. Será que temos de sorrir nas tribulações?

Vamos lá.

Logicamente que a alegria exposta aqui, não é a alegria que o mundo ensina, não necessariamente sorrindo ou gargalhando, mas estar contente, em paz com as circunstâncias.

Mas como ficar contante e em paz diante de adversidades e contrariedades? E o porque disto? Para que isto?

O propósito de Deus para cada homem e cada mulher é que aprendam dEle e caminhem rumo ao amadurecimento, à plenitude, à restauração. Vemos que nos versos trazem para nós um progresso interior que as adversidades fazem conosco.

Passando pela provação a nossa fé é provada, e quando aprovada produz dentro de nós a perseverança, uma busca, uma constância, não desistindo do alvo ou do objetivo ao qual se quer chegar.

E porque a fé aprovada produz esta perseverança? Porque crê-se no caminho que está seguindo, conhece este caminho, tem certeza absoluta que ao final terá vitória, não se tem dúvidas, apenas certezas. Logo, não olha as circunstâncias, pode ser o hoje o mais desfavorável possível, se crê que chegará ao objetivo.

Isto é o exercício da fé, é a fé em prática.

Pois a perseverança produz a obra perfeita, a restauração no interior do ser, fortalecendo os seus sentimentos e emoções. Nos concedendo sabedoria e entendimento e, nos dando um propósito de vida.

O homem e a mulher precisam de um propósito de vida, um objetivo para se lutar, pois se manter nos caminhos do Senhor num mundo tão contrário aos ensinamentos bíblicos, não é fácil, mas a certeza da recompensa que nos espera, nos fortalece para suportar as afrontas, adversidades, calúnias e provações. Pois, descobrimos o porque nascemos, o porque morremos e o porque renascemos.

Então que caminhemos não olhando os problemas e situações que nos acomete, mas que possamos focar no resultado final desta excelente obra.

Shalom

 

//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js


//

%d blogueiros gostam disto: